To photograph what has already been photographed. Over and over again. A different feeling, yet always a feeling. It punctuates the scene and overlaps the details. The details are not important. They just compose the scene. The scene is marked by colour. Yes, colour. The colour tells the time, both real and the one we feel. But how can we grasp that time? In a detail. But this detail wasn’t important. It has already been photographed.

Fotografar o que já foi fotografado. Vezes e vezes sem conta. Difere o sentimento, sempre o sentimento. Pontua a cena, sobrepõe-se aos detalhes. Os detalhes não são importantes. Compõem a cena. A cena é acentuada pela cor. Sim, a cor. A cor revela o tempo, o real e o que se sente. E como se situa esse tempo? No detalhe. Mas esse não era importante. Já foi fotografado.

​Paris, Maio de 2014
Back to Top